47 3363 5696 | 47 997087711(whatsapp) hugodalazoana@hotmail.com

A periodontia pode proporcionar saúde bucal para sua família, especialmente demonstrando técnicas corretas de higienização, mas também elaborando um correto plano de tratamento quando necessário. Em resumo, a prevenção ou o tratamento das doenças presentes nas gengivas, (cientificamente chamadas de gengivites e periodontites) proporcionará uma saúde bucal de mais de 30% da população pode ser geneticamente susceptível a desenvolver doença periodontal severa (doença mais grave que destrói rapidamente as fibras que ligam o dente ao osso, chegando à perda dentária). Testes genéticos podem resultar na identificação e tratamento de pacientes de risco. Aqui no Brasil estes testes ainda são caros e uma visita ao periodontista é o caminho mais correto para diagnóstico precoce e tratamento em fase inicial.

A doença periodontal não é uma doença só de adultos. Estudos de todo o mundo indicam que a gengivite (infecção bacteriana da gengiva caracterizada por sangramento, o qual só ocorre fora da normalidade, pois indivíduos normais não sangram, uma vez que a primeira camada tanto da pele como da mucosa bocal é o epitélio, que não tem vasos sanguíneos, o sangramento só ocorre quando as bactérias já destruíram esta camada) afeta crianças e adolescentes. Este é o primeiro nível da doença periodontal.

Evidencias mostram que a desmotivação para higiene bucal na adolescência aumenta a incidência da doença periodontal. Criança bem motivada até os 10 anos mantém melhore hábitos de higiene. Importante ressaltar também que a doença periodontal deve ser monitorada em pacientes cardíacos, diabéticos, com artrite reumatóide e mulheres grávidas. Estudos demonstram que há relação entre estes fatores e a doença periodontal.